domingo, 19 de junho de 2016

Netflix: o "darkside"



Na minha teoria tudo tem um lado negro e o Netflix não é uma das exceções.


Recentemente veio à tona que a Netflix tem um tipo de trabalho incluído num denominado projeto "Beetlejuceem que o comum consumidor de conteúos do canal se pode inscrever e, por uns módicos 10 dólares por dia, assiste a episódios de tv de forma a selecionar o "frame" ideal para o canal então passar na publicidade a melhor parte da série para a melhor divulgar.

A pior parte é que, para além do preço pobre pago a quem se dedica a este part-time ou hobbie para quem tira imenso prazer em ver séries, para muitos passou a ser um trabalho a tempo inteiro porque o canal aparentemente estabelece objectivos tão altos que as pessoas tem até de deixar o próprios trabalhos principais que tem para cumprir este.

Os últimos dois colaboradores que deixaram o seu trabalho principal para cumprir este fizeram queixa e...ficaram sem ele.



in pplware.sapo.pt

Sem comentários: