Wook

mw-billboard

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Prémio Nobel da Química 2019



E o Prémio Nobel da Química este ano foi atribuído aos senhores Stanley Whittingham (químico britânico), Akira Yoshido (químico japonês) e para John Goodenough (físico alemão) pelo trabalho desenvolvido na criação das baterias de lítio, hoje indispensáveis a vários aparelhos.




O desenvolvimento das baterias de lítio tiveram início por volta dos anos 70 durante a crise do petróleo e é por volta dos anos 90 que começam a ser produzidas em massa e posteriormente a ser comercializadas.

 O seu funcionamento é "simples": utilizando um cátodo (o chamado pólo positivo) e um ânodo (o pólo negativo) permitindo o fluxo de energia, um separador que permite manter separados o óxido de cobalto do lítio e os iões de lítio que ficam separados claro do óxido de cobalto.





Não se esqueçam desta notícia pois daqui por uns tempos pode sair no programa da RTP1 do Joker.



pplware.sapo.pt
blog.bbbaterias.com.br

Sem comentários: